Escolas Bilíngues


Escolas Bilíngues para Surdos – Públicas ou Particulares

Escolas Bilíngues de Fronteira – Públicas

Escolas Interculturais Indígenas – Públicas 

Escolas Bilíngues de Prestígio – Particulares

Escolas Bilíngues de Prestígio – Públicas

Escolas Internacionais – Particulares

88 Comentários em “Escolas Bilíngues”

  1. Irimar Diz:

    Srs bom dia.
    Minha filha estuda em escola bilingue e gostaria de participar do grupo.

    Grata
    Irimar

    Curtir

  2. rodrigoweber Diz:

    Prezada Selma,

    Primeiramente, meus parabéns pelo blog. Temos uma dúvida e esperamos que você possa nos ajudar.
    Eu e minha familia moramos em Madrid há 8 meses e nossa filha de 4 anos frequenta uma escola bilingue em período integral das 9:00 às 17:00 hs.
    Metade das disciplinas é lecionada em Espanhol e a outra metade em Ingles. Ela entende praticamente tudo nos tres idiomas, mas em casa só quer falar em Portugues. Eu tento falar em Ingles com ela, mas nao tem dado muito certo.

    Tudo indica que voltaremos em setembro deste ano para Sao Paulo, capital. Devemos buscar uma escola que seja trilingue para dar continuidade ao desenvolvimento nos tres idiomas? Existe alguma escola com essa posibilidade?

    Se nao for possivel daremos preferencia ao Portugues-Ingles. Nesse caso valeria a pena colocá-la em aulas complementares de espanhol?

    Um grande abraço e obrigado,

    Rodrigo Weber

    · Esta mensagem segue sem acentuacao devido ao teclado em espanhol.

    Curtir

  3. Selma Moura Diz:

    Eralda, não perca o webinar de hoje. Vai te dar uma boa visão de onde partir.

    Curtir

  4. Eralda Maria Rabelo Martins Diz:

    Tenho uma escola de inglês e gostaria de transformá-la em uma escola bilingue. Queria as informações necessárias, pois não sei por onde começar… Materiais, mudanças e assim por diante…

    Curtir

  5. Marcia Rocha Diz:

    Tenho interesse em abrir uma escola bilíngue. Gostaria de maiores informações a respeito. Estou pesquisando sobre o assunto, mas gostaria de informações de pessoas que já trabalham nesse ramo. Moro no interior de Minas.

    Curtir

  6. Andreia Rocha Diz:

    Selma, bom dia!

    Sou diretora da Amazing School, escola bilíngue no Butantã e acabei de realizar o cadastro da minha escola para que seja incluída no seu site.
    Meu filho estudou em uma excelente escola pública bilíngue Inglês-Português e Inglês-Espanhol em Miami, não sei se há interesse em incluir escolas fora do Brasil na sua listagem, mas caso você queira informações posso te encaminhar.

    Obrigada!

    Andréia

    Curtir

  7. Selma Moura Diz:

    Boa tarde Sil,
    Infelizmente não temos informações dessas escolas, por isso recomendamos uma vosota para avaliar a proposta pedagógica, a formação dos professores, o espaço e os materiais.
    Abraço,
    Selma

    Curtir

  8. Selma Moura Diz:

    Olá Camila,
    É realmente difícil escolher uma escola que atenda tanto nossos sonhos quanto nossas necessidades.
    Não conheço o trabalho da My School, mas sugiro que você a visite para avaliar a proposta pedagógica, formação de professores, espaço, materiais, etc.
    Outras opções que também vale a pena conhecer são:
    See Saw, no Panamby
    PlayPen, junto à ponte Cidade Jardim
    Pueri Domus, na Verbo Divino.
    Boa sorte na busca!
    Selma

    Curtir

  9. Elisangela Moura Diz:

    Você possuem vaga para professor bilingue?

    Curtir

  10. Elisangela Moura Diz:

    Ainda tem vaga? Tenho uma excelente profissional para indicar.

    Curtir

  11. Simone Diz:

    Olá, sou professora bilíngue e atualmente trabalho na Maple Bear, Adoraria fazer parte do grupo para trocar idéias.
    Obrigada,
    Simone

    Curtir

  12. Camila Giacomini Diz:

    Boa tarde, Selma!

    Muito obrigada por compartilhar seu conhecimento conosco!
    Gostaria, por favor, de alguma indicação de escola bilíngue na região do Morumbi, Butantã e Alphaville. Como não conhece ninguém que estuda em escola bilíngues estou sem referências e sem um norte.
    Há muitas escolas na região do Morumbi, porém estou insegurança de colocar meu filho numa escola bilíngue, sem alguma refêrencia, visto que há muitas escolas que dizem ser bilíngues, mas não são…
    Há uma escola que gostei bastante, a My School. Você conhece?

    Muito obrigada!

    Curtir

  13. Carolina Lorenzini Diz:

    Oi Mari, estou me formando em matemática, sou fluente em inglês e espanhol. Como faço para enviar meu CV para você? Moro em Campinas. Obrigada

    Curtir

  14. Cleusa Diz:

    Mande seu currículo para cleusasoares40@gmail.com

    Curtir

  15. sil.rangel@terra.com.br Diz:

    Bom dia!!
    Para 2016, estou buscando escola bilingue para minha filha e gostaria de saber se vcs tem informações/referências do Colégio Sun Port e da Escola Amazing School na Av. Corifeu de Azevedo Marques.

    Agradeço desde já,

    Sílvia

    Curtir

  16. katia Diz:

    Estamos contratando Professoras para escola Bilíngue em Toledo- Paraná, você teria interesse?

    Curtir

  17. Alexander Phillips Diz:

    Hi Maielly,

    I’m an Australian living in the North of Brasil. I’m also interested in opening a small bilingual school here in the town where I live.

    We should talk. Who knows, maybe we can help each other out.

    Alex.

    an.axle.red@gmail.com

    Curtir

  18. maielly Diz:

    Ola me formei em sydney australia para da aula 0 a 6 anos , trabalhava la em duas grandes redes escolar no ingles, morei 5 anos na australia e retornei ao brasil esse ano estou com muita dificuldade para trabalhar na area aqui , mercado pouco restrito, gostaria de algumas dicas de como abrir minha propria escola bilingue ou ate mesmo de emprego , lugar no brasil. Obrigada

    Curtir

  19. noeme Diz:

    Gostaria de saber sobre as escolas estaduais em Salvador Ba que possuem o ensino do espanhol no cuurriculo

    Curtir

  20. Juliana Diz:

    Gostaria de saber opinião sobre as escolas Graded, St. francis e Red house em São Paulo. Queria saber como são de desempenho dos alunos, avaliação… Alguém as conhece?

    Curtir

  21. bia Diz:

    Quero muito estudar em colégio assim

    Curtir

  22. Wilma Diz:

    Olá Selma,
    Parabéns pela excelente ideia de prestar tão boas informações.
    Enviamos nosso cadastro faz uns 40 dias, mas até então não nos inseriu na indicação de Bahia, TALK HIGH SCHOOL.
    Iniciaremos em 2015 nosso primeiro ano com fundamental bilíngue.

    Curtir

  23. Willian Diz:

    Olá bom dia
    Estou no Tatuapé e procuro parceiros para montar uma escola de língua inglesa
    Estou construindo 900 m e planejo montar uma escola com dois andares
    Se ouver algum interece meu contato
    (011) 972861290

    Curtir

  24. Saint Clair Diz:

    Aqui em Salvador existem poucas escolas bilíngues, uma pena.

    Curtir

  25. Jonathan Araujo Diz:

    Indico a Escola Bilingue em SP o Colégio Marco Polo

    http://colegiomarcopolo.com.br/menu/8/escolabilinguesp

    A missão do Colégio Marco Polo bilíngue é a integração do ensino eficaz da lingua inglesa a um currículo pedagógico regular de qualidade. Utilizamos o material da Oxford University Press, elaborado pelo maior centro linguístico do mundo. . Ainda, para acompanhar a sua evolução e assegurar a qualidade do ensino, nossos alunos são submetidos, com frequência, aos exames de Cambridge.

    Curtir

  26. Paulino Raphael Diz:

    ESCOLA INFANTIL BILINGUE A VENDA
    Boa tarde,
    estamos representando uma excelente escola infantil bilíngue que se encontra a venda. Uma ótima oportunidade para quem quer expandir seu negócio ou entrar neste interessante e lucrativo setor.
    Esta escola está em bairro nobre de S Paulo, há mais de dez anos, muito bem instalada, com excelente reputação e documentação totalmente regular. Hoje conta com cerca de 80 alunos. Seus resultados são excelentes e seu crescimento expressivo.
    Se tiver interesse em analisar esta oportunidade favor entrar em contato.
    paulino@sunbeltbrasil.com.br tel 4195 0710 cel 99981 7162. Obrigado.

    Curtir

  27. Saint Clair Diz:

    Aqui em Salvador, alguém me indica uma escola?

    Curtir

  28. Selma Moura Diz:

    Olá Ieda,

    Desculpe-me, mas qual a escola? Vou tentar localizar o cadastro.
    Obrigada,

    Selma

    Curtir

  29. Celso Nascimento Diz:

    Oi Selma,
    Gostaria de saber quantas e quais escolas bilígues tem em Aracaju – SE.
    Meu filho tem 2 anos, e quero muito coloca-lo em uma escola bilígue.

    Obrigado.

    Celso Nascimento

    Curtir

  30. Mari Krassner Diz:

    Olá Selma estou fazendo pesquisas e me deparei com seu site. Sou a diretora da escola Bilingue Tigrinhos de Campinas e notei que uma das perguntas sobre educação Bilingue e para a nossa escola. Meu nome e Mari Krassner e meu marido Perry Krassner somos fundadores da tigrinhos Educacao Infantil Bilingue desde 1990 e nos dois últimos anos da Golden Tigers Ensino Fundamental Bilingue. Teremos muito prazer em mostrar nosso trabalho multicultural e Bilingue a seus seguidores. Nosso site e http://www.tigrinhos.com.br. E http://www.goldentigers.com.br. Nosso telefone 19 32546336.
    Temos uma excelente reputação na educação infantil de 4 meses a 5 anos e nosso ensino fundamental conta com o programa brasileiro e programa de imersão em Inglês.
    Por ora temos dois idiomas na escola e em breve teremos outras opções.
    Obrigada e fico a disposição. Parabens pelo site. Mari

    Curtir

  31. Juliana Diz:

    Olá Selma,
    Qual seria a diferença entre a Our Lady of Mercy em Botafogo/RJ e a Americana da Gávea?
    Att,
    Juliana

    Curtir

  32. ieda Diz:

    Selma querida, fiz o cadastro da escola em que trabalho há meses e até o momento ela não consta na relação das escolas bilingues. Enviei e-mails e comentários e nenhuma resposta. Desculpe-me invadir este espaço, mas gostaria de ter seu contato. grata.
    Iêda

    Curtir

  33. Roberta Fontenelle Diz:

    Ola Selma, Estou querendo colocar minha filha de nove anos na British School RJ, Você acredita que ela acompanhara com o tempo ou já passou da idade viável.Hoje ela estuda em escola tradicional e possui um inglês básico.
    grata
    Roberta

    Curtir

  34. Selma Moura Diz:

    Olá Luciana,
    Desculpe, mas não conheço esta escola, por isso não tenho como dar opinião.
    Abraço,
    Selma

    Curtir

  35. Luciana Pompei Diz:

    Ola Selma.
    Gostaria de saber sua opiniao sobre a escola Tigrinhos de Campinas.

    Curtir

  36. Selma Moura Diz:

    Olá Tais.
    Não, não conheço esta escola.
    Abraço,
    Selma

    Curtir

  37. Tais Diz:

    Selma,

    Você conhece a escola Cycle em Santo André?

    Curtir

  38. Kelin Piza Diz:

    Selma, adorei o site. Parabéns! Estamos morando em Cuba desde de fevereiro e minha filha estuda na Internacional School of Havana. Ela começou o 2o. grado agora em agosto. Nesses poucos meses já está falando inglês e espanhol. O currículo da escola é muito diferente das escolas brasileiras. É uma escola espetacular, voltada para o ensino de artes, musica, matemática… além das aulas extra-curriculares de dança, coro, esportes, drama… enfim, uma escola sensacional, mas um dia vamos voltar ao Brasil e me preocupa que ela não estude as matérias básicas do currículo nacional, como história, geografia e o próprio português. O que faço? Devo comprar livros dessas disciplinas e ajudar minha filha em casa? Um grande abraço.

    Curtir

  39. Douglas Diz:

    Selma, boa tarde! Tenho um filho de 4 anos e gostaria de colocá-lo na Stance Dual. Acontece que só consegui vaga para 2015, quando terá 5 anos. Tem uma Maple Bear perto de casa, mas somente até a educaçao infantil. A dúvida é se coloco neste ano na Maple Bear e depois mudo para a Stance no ano seguinte, ou se espero na escola atual(tradicional) até 2015, colocando em uma escola de ingles (Alumni ou Red Balloon) e aí sim mudo para a Stance. Talvez possa até esperar ele completar o infantil e mudo no fundamental???? Não sei, essa dúvida esta me tirando o sono. Por favor me ajude.

    Curtir

  40. Sonia Diz:

    Os meus filos estudaram no Liceo francés de Brasilia. Vou deixar aquí o link para o meu blog donde conto as experiencias http://las3lenguasdemis2hijos-sonia.blogspot.com.es/

    Curtir

  41. Marcia dos Anjos Diz:

    Olá,
    Alguém conhece alguma escola de ensino fundamental para franceses?

    Curtir

  42. Iêda Diniz Diz:

    Selma, parabéns pelo blog!
    Realizei o cadastro de minha escola, quanto tempo para constar na lista como escola bilingue?
    Gostaria de saber mais sobre como ser uma escola parceria do blog…

    Curtir

  43. Etianne Torres Diz:

    A Amazing School é otima. Meu filho estuda lá e consigo avaliar em casa na prática todo o conteudo abordado.

    Atenciosamente,

    Curtir

  44. Paula Diz:

    Oi, Ana! Tudo bem?

    Eu tenho um primo de 7 anos que está muito interessado na língua inglesa, por isso, estamos pesquisando escola bilíngues em Natal/RN. Como eu não conheço ninguém que estuda em escolas desse seguimento, você poderia me contar um pouco mais da sua experiência com a Maple Bear?

    Tenho medo de indicar esta escola para o meu primo e ele ser prejudicado nas matérias curriculares. Em qual ponto a escola é relapsa?

    Obrigada,

    Paula.

    Curtir

  45. Janaina Diz:

    Caros:Francisco, Livia e Flávia
    Tenho um filho e gostaria de colocá-lo numa escola de educação bilingue. Como também moro em Salvador peço a opinião de vocês sobre as Escolas Panamericana e Maple Bear. Além disso, gostaria de citar a Gurilandia. Conhecem?
    Agradeço,
    Janaína

    Curtir

  46. Selma Moura Diz:

    Olá, Sara,
    Fiquei muito feliz com o elogio, obrigada!
    Não tenho referências sobre a Amazing, mas sugiro uma visita para conhecer e tirar as dúvidas.
    Um abraço,
    Selma

    Curtir

  47. Sara Gusmão Diz:

    Selma,

    Li acima a dúvida de uma senhora que solicitava informações sobre a Amazing School. Você tem alguma referência sobre essa escola?

    A propósito este site é muito bom! Parabéns!

    Obrigada,

    Sara

    Curtir

  48. Fernanda Diz:

    Boa tarde,
    Parabéns pelo site. Estou numa dúvida cruel, minha filha estuda no Colégio Dante (6o. ano), que tem um ensino maravilhoso, mas estou pensando em mudar para Alphaville (SP), e pensei em colocar na Escola Internacional. A Senhora conhece esta escola? Tem referências? Muito obrigada pela atenção. Fernanda.

    Curtir

  49. Ana Diz:

    Olá Selma! Tenho uma duvida cruel, tenho uma filha de 04 anos que estuda na Maple Bear, eu nao me sinto muito a vontade com relação a escola, pois acho que “eles” são meio relapsos em alguns pontos, e tb acho a escola muito “comercial” já que o período de estudo dos alunos é de apenas 04 horas (08:00 ás 12:00) caso vc opte pelo período “normal” de 06 horas vc deve pagar pelos extras! Estive a procura de outras escolas na minha cidade Rio Grande do Norte, e ouvi falar sobre a FUNDAÇÃO Marie Jost! Vc tem algum conhecimento que possa me ajudar

    Curtir

  50. Rosineide Borghetti Hernandes Diz:

    Olá Selma,
    Parabéns pelo blog, se possível,gostaria de indicações/informações de escolas bilíngues em São Bernardo do Campo. – SP. Minha filha tem 10 anos e estuda em uma escola particular não bilingue. Minha ideia é colocá-la numa escola bilingue no Fundamental II, porém, ela nunca estudou inglês, fora da escola. Seria uma boa opção?
    Abraços,
    Rosineide

    Curtir

  51. Flavia Diz:

    Caros, Francisco e Livia.
    Tb sou de Salvador e acabei de matricular para 2013 minha filha de 5 anos na Maple Bear SSA. Gostaria de saber se após esse post aqui no blog, vcs decidiram pela Maple Bear para a filha de vocês e se estão gostando da escola.
    Agradeço muito.
    Flávia

    Curtir

  52. juliana Diz:

    ola tatiana, tem a MAPLE BEAR NO TATUAPE..

    Curtir

  53. TAtiana Diz:

    Olá

    Gostaria de saber informações de escolas bilingues no bairro da Mooca ou Tatuapé em São Paulo que tenham educação infantil e ensino fundamental. Será que alguém pode me indicar uma?

    Curtir

  54. Rosane Korb Diz:

    Olá Sra. Selma,
    Primeiramente parabéns pelo blog.
    Em segundo lugar gostaria de obter uma relação de escolas que cultivem a língua e a cultura alemã em Porto Alegre ou Região Metropolitana.
    Falo dialeto alemão fluentemente, também sei ler diversas palavas e algumas frases nesta que é a minha língua de origem, além disso, estou entrando no 8º e último semestre do Curso Licenciatura em Pedagogia a Distância da UFPel, proporcionado pelo Governo Federal através do sistema UAB, curso este no qual já estou com todos os estágios obrigatórios concluídos.
    Durante vinte anos trabalhei como telefonista, secretaria e recepcionista, período em que numa das empresas fiquei por dezesseis anos. Sou natural de Panambi, cidade onde morei até 2009 porém, em função de algumas mudanças importantes na vida da minha família, resido em Porto Alegre há três anos e, considerando meu histórico, estou à procura de escolas aqui na Capital ou entorno paras as quais eu possa enviar meu currículo e aproveitar o conhecimento que tenho, sujeitando-me a cargos ou funções administrativos como aqueles nos quais tenho larga experiência conforme mencionei acima ou até mesmo como auxiliar de professores.
    Se puderes me dar uma dica, desde já agradeço!
    =

    Curtir

  55. Manuel Diz:

    Escolas Alemãs de Encontro Bicultural com Abitur (bachillerato):

    Embaixada e Consulados Gerais da Alemanha no Brasil
    http://www.brasil.diplo.de/Vertretung/brasilien/pt/09__Kultur/Deutsch__lernen/D__Schule.html

    Colégio Visconde de Porto Seguro Unidade I – São Paulo – SP
    Rua Clementine Brenne, 30
    05659-000 São Paulo-SP
    Tel.: (0055 11) 3749-3250
    Fax: (0055 11) 3749-3268
    E-mail: morumbi@portoseguro.org.br
    http://www.portoseguro.org.br

    Colégio Visconde de Porto Seguro Unidade II – Valinhos – SP
    Estrada Estadual Valinhos-Campinas, 5701
    13278-000 Valinhos-SP
    Tel.: (055 19) 3829-5000
    Fax: (0055 19) 3871-6131
    E-mail: valinhos@portoseguro.org.br
    http://www.portoseguro.org.br

    Escola Alemã Corcovado – Rio de Janeiro – RJ
    Rua São Clemente, 388
    Botafogo
    22260-000 Rio de Janeiro – RJ
    Tel.: (021) 2537-8811
    Fax: (021) 2537-9411
    E-mail: eacrio@eacorcovado.com.br
    http://www.eacorcovado.com.br/

    etc, véase enlace
    http://www.brasil.diplo.de/Vertretung/brasilien/pt/09__Kultur/Deutsch__lernen/D__Schule.html

    Curtir

  56. Selma Moura Diz:

    Olá, Poliana,
    Eu costumo indicar as escolas cujo trabalho conheço em profundidade, mas infelizmente não conheço o trabalho destas escolas que você menciona, apenas seus nomes. O melhor realmente é você visitar cada uma e esclarecer cada uma das suas dúvidas.
    Boa sorte em sua procura!

    Selma

    Curtir

  57. Poliana Riviera Diz:

    Olá Selma, moro no Rio de Janeiro, e estou muito interessada em matricular meu filho, que tem 4 anos, em uma escola bilíngue.
    Gostaria de uma orientação, pois aqui no Rio, temos diversas opções, mas estou meio receosa de que meu filho possa apresentar alguma dificuldade em adaptação á lingua estrangeira, que para nós no caso, não precisa ser necessariamente o inglês.
    Algumas instituições nos chamaram a atenção, como a Escola Suíço-brasileira, a EARJ, Our Lady of Mercy, a British e a Alemã Corcovado. Se tiver algum ponto a ressaltar sobre alguma delas que nos ajude em nossa escolha, ficaria muito agradecida, pois é uma etapa difícil pros pais a escolha da escola pro filho.

    Muito grata, Poliana Riviera.

    Curtir

  58. Carolina Araújo Diz:

    Muito obrigada pela resposta, Cláudia. Minha preocupação é justamente essa, se vou ter dificuldade para contratar professores qualificados para atuar numa escola bilíngue, porém sou de Brasília e vejo que aqui falta opção pra quem quer matricular os filhos em uma. Estou em abrir uma instituição bilíngue, porém ainda insegura em alguns pontos além do processo de contratação dos profissionais. Como por exemplo, até que idade pode-se admitir um aluno que não seja fluente em inglês para que não prejudique o rendimento escolar dele.
    Grata, Carolina Araújo.

    Curtir

  59. focuseducacional Diz:

    Olá,Carolina

    Sou do Rio e, pelo menos por aqui, não existe nenhuma legislação específica que regulamente as chamadas “Escolas Bilíngues”, acredito que em São paulo também não mas deixo para a Selma responder. Para ser diretora precisa ter habilitação em pedagogia a nível de graduação ou pós em Administração Escolar. A questão dos professores é sempre complicada pois a legislação diz que para lecionar na educação infantil e nos primeiros anos do fundamental é preciso ser pedagoga,mas não é fácil achar pedagogos fluentes em inglês e, principalmente que saibam ensinar inglês pois não basta ser fluente,né? A habilitação em letras habilita para lecionar do 6o ano em diante.
    Particularmente o que vejo muitas escolas fazerem é contratar professores com habilitação em letras e depois orientá-los a cursar pedagogia ou algum curso de complementação pedagógica que os habilite a lecionar nas séries iniciais.
    Acredito que não exista nenhum impedimento ou pré-requisito para utilizar o termo “americano ou americana” entretanto Quanto ao uso específico da denominação “escola americana” pelo menos no Rio já existe uma (EARJ) que é uma escola internacional e, sendo assim não poderia utilizá-lo.
    Espero ter ajudado.
    Abraços,
    Cláudia Spitz

    Curtir

  60. focuseducacional Diz:

    Olá,Francisco!
    Trabalho com educação bilíngue há algum tempo e nessas andadas conheci alguns profissionais do Pan Americano .Pessoalmente não conheço a Maple Bear de Salvador, mas conheço o trabalho da Maple Bear como um todo e já fiz parte da equipe do Rio de Janeiro.
    De modo geral a PanAmericana está ligada à escola Americana(EARJ) e é uma escola Internacional, seguindo a filosofia e a metodologia das escolas americanas. A Maple Bear é uma rede de escolas que trabalham em sistema de franquia e utiliza um programa desenvolvido por educadores canadenses. Na maple Bear as crianças cursam um programa de imersão na educação infantil e, apartir daí o modelo 50/50 com 50% da carga horária trabalhada em inglês e 50% em Português.
    A Selma, se não me engano,tem um post sobre as diferenças entre escolas internacionais e bilíngues,vale a pena dar uma olhada. Escrevo para um blog que também tem um post sobre esse tema, se quiser mais alguma informçaõ,ok?
    Qualquer coisa estou a sua disposição.
    Abraços,
    Cláudia Spitz

    Curtir

  61. focuseducacional Diz:

    Olá,Valéria
    Já atuei em algumas escolas Bilíngues e internacionais e atualmente,Trabalho com Consultoria em Educação Bilíngue e com Formação de professores . Se eu puder ajudá-la de alguma forma, é só falar(claudia.spitz@focuseducacional.com.br),ok?

    Curtir

  62. Carolina Araújo Diz:

    Olá Selma,
    Estou pensando em abrir uma escola bilíngue, e gostaria de me informar se para isso, eu preciso ter algum outro curso senão o de pedagogia, e sobre meios de contratar professores fluentes em uma segunda língua.
    Gostaria de saber também, se para nomear a escola como “escola americana […]” ela precisa necessariamente ter origem americana, e se preciso registrá-la oficialmente em algum órgão americano, ou algo do tipo.
    Muito obrigada pela atenção, Carolina.

    Curtir

  63. Francisco Diz:

    Obrigado pelo retorno e atenção na resposta. Sua sensatez e objetividade nos comentários nos confortam e orientam em que caminho seguir.
    Atenciosamnete, Francisco e Lívia

    Curtir

  64. Selma Moura Diz:

    Obrigada, Francisco e Lívia, pelo seu comentário aqui no blog Educação Bilíngue no Brasil.

    A opção pela Educação Bilíngue, quando feita de forma consciente e informada, vale muito a pena para a formação de uma criança, principalmente na idade de sua filha, quando aprende-se a segunda língua junto com a primeira. Porém, como vocês mesmos disseram, além do aprendizado de línguas, as crianças pequenas estão se desenvolvendo como um todo. As experiências destes primeiros anos são fundamentais na formação e no desenvolvimento cognitivo, emocional e psicomotor de sua filha, e por isso a escolha da escola é algo complexo.

    Sugiro que vocês visitem a escola, verifiquem se as instalações são seguras, adequadas, ventiladas, iluminadas e limpas, se proporcionam uma variedade de experiências às crianças (brincadeiras dentro e fora da classe, desenho, pintura, modelagem, dança, dramatização, narração de histórias, manuseio de livros, jogos de montar e encaixar, etc), se promovem a socialização e a autonomia da criança.

    Uma das coisas mais importantes a verificar é a formação das professoras. Inúmeros estudos têm demonstrado que a melhor formação docente reflete diretamente na qualidade do ensino e do atendimento às crianças. Não basta que as professoras sejam fluentes em português e inglês. É essencial que sejam formadas em pedagogia. Confira se a escola investe no aperfeiçoamento contínuo de seus profissionais.

    Procurem conversar com os pais das outras crianças que já são alunas e saber sua opinião. Se puderem visitar a escola enquanto as crianças têm aula, melhor ainda. Assim vocês poderão perceber o ambiente, o clima da escola, se há espaço para as crianças se movimentarem, brincarem, falarem, serem felizes. Vejam o modo como os adultos se relacionam com as crianças, sua postura, seu tom de voz. Vejam se as crianças estão à vontade na escola.

    Não é possível eu dar uma opinião sobre a qualidade das escolas que vocês mencionam sem conhecê-las bem, mas espero que essas dicas os ajudem a tomar a melhor decisão.

    Não sei se você já teve oportunidade de ler um post chamado Mitos e Verdades sobre Educação Bilíngue aqui no blog, mas caso queira dar uma olhada, o link é: https://educacaobilingue.com/2010/12/17/mitos-e-verdades-2/

    Desejo sucesso em sua escolha!

    Selma

    Curtir

  65. Francisco Fernandes de Araujo Filho Diz:

    Boa tarde, Selma e parabéns pelo blog
    Somos pais de uma garota de 2 anos e três meses e enfrentamos no momento o dilema de colocá-la ou não numa escola bilingue. Aqui em Salvador temos duas opções: Colégio Panamericano e, recentemente, Maple bear. Você poderia opinar sobre a qualidade destas. Preocupanos-nos não somente o aprendizado bilíngue, que acreditamos ser consequência natural, mas principalmente a formação da criança, sua inserção na sociedade, sua formação psicologica, social a ainda, seu acolhimento inicial, uma vez que será seu primeiro ano escolar

    Gartos desde já Francisco e Lívia

    Curtir

  66. vilma cristina Diz:

    Olá Selma,
    Vou abrir uma creche escola esse ano.Estou muito interessada que ela seja bilingue, tenho estrutura para montá-la com essa proposta, porém estive pesquisando e percebi que as escolas trabalham com propostas diferentes.Isso me deixou um pouco insegura.Gostaria de saber se há algum site ou empresa que eu possa ter uma consultoria sobre o assunto.
    Atenciosamente,
    Vilma Cristina

    Curtir

  67. Selma Moura Diz:

    Olá, Lucimara,
    O curso de Letras habilita professores para O Ensino Fundamental II (6o ao 9o ano) e para o Ensino Médio.
    Para lecionar na Educação Infantil e nos anos iniciais do Ensino Fundamental, o requisito legal é o curso de Pedagogia, que também a habilita a atuar como diretora pedagógica e coordenadora pedagógica.
    O curso vale a pena pela formação em didática e metodologia, entre outras áreas, que você terá, e que sem dúvida a ajudarão em seu projeto de escola.
    O curso do CELTA só habilita para aulas em institutos de idiomas, não em escolas regulares.
    Boa sorte!
    Selma

    Curtir

  68. Lucimara Knuckles Diz:

    Ola. Sou formada em Letras Anglo e tenho o curso CELTA para criancas, alem de 15 anos de experiencia como professora bilingue.
    Nao possuo o curso de pedagogia, mas ouvi dizer que posso ser a proprietaria de uma pre escola se a diretora pedagogica possuir os requisitos necessarios . Isso e verdade?

    Tenho mais uma duvida – Posso lecionar ingles em minha pre escola, pois possuo o curso Celta para criancas. Isso e o suficiente? Obrigada desde ja.
    Um abraco,

    Lucimara Knuckles

    Curtir

  69. Aparecida Diz:

    Bom dia, Selma.
    Gostaria de uma indicação para cursos de formação de coordenadores pedagógicos para escola de idiomas. Sou Pedagoga e não possuo Letras. Dou aulas de inglês em escola de idiomas e pode surgir uma proposta para assumir a coordenação pedagógica e eu gostaria de estar melhor preparada. Obrigada, Aparecida.

    Curtir

  70. erika Diz:

    Oi Selma,

    Muito obrigada pela resposta.
    Ajudou e muito.
    Analisando todo o conteudo meus filhos estão felizes na escola e sentem orgulho por saberem o segundo idioma.
    Lí numa matéria que o bilinguismo não forma para uma boa faculdade e acho que isso me assustou.
    Obrigada mais uma vez pela ajuda.
    Sucessos no site!

    Curtir

  71. Selma Moura Diz:

    Olá, Erica,
    Obrigada pelo contato. Que bom que gostou do site!
    Há vários fatores que influenciam o desempenho dos alunos, além do bilinguismo. Geralmente as mães se preocupam de seus filhos não demonstrarem o mesmo domínio de conteúdos de outras crianças com que tem contato (primos, vizinhos, etc), mas geralmente esse julgamento é feito de forma parcial, afetiva, não objetiva. Talvez seus filhos estejam indo bem e aprendendo conteúdos semelhantes aos de outras crianças de escolas não-bilíngues, além de desenvolverem também suas duas línguas. Mas mesmo que não seja esse o caso, talvez valha a pena olhar outros fatores: disciplina nas tarefas, motivação, adequação da metodologia da escola (há diversidade entre as escolas bilíngues da mesma forma que entre as monolíngues).
    Acho que você não deveria se preocupar com vestibulinhos e vestibulares, até porque seus filhos são muito novos ainda, e precisam se formar no sentido mais amplo da palavra. Precisam desenvolver uma série de potenciais (lógico-matemáticos, linguísticos, afetivos, éticos, estéticos, etc) que são muito maiores e mais complexos do que o vestibular consegue avaliar.
    Observe, por outro lado, se eles gostam da escola, se gostam de ler, se fazem bem as tarefas, se tem bom desempenho em relação ao grupo, se tem alguma dificuldade ou desafio a ser superado, se relacionam-se bem com os colegas, se mostram bons valores e princípios, se falam bem, com clareza, expressando suas ideias e opiniões. Assim você consegue um julgamento mais amplo e objetivo.
    Para finalizar, pelo que você diz seus filhos já tem bastante conhecimento das línguas. Se forem para escolas de idiomas serão nivelados pela idade, ficando com crianças que não tem nenhum contato com a língua, ou pelo nível de conhecimento, ficando com adultos e estudando temas que não são de seu interesse. Acho que essa não é uma opção interessante para eles.
    Espero ter ajudado.
    Um abraço, boa sorte!
    Selma

    Curtir

  72. Erika Diz:

    Olá Selma,

    Meus filhos estudaram o ensino infantil inteiro em escola billigue hoje estão no 2° e 5° ano do fundamental 2 também bilingue.

    Minha preocupação é referente ao conteúdo aplicado nas escolas bilingues, Mesmo eles dizendo que seguem as diretrizes do MEC sinto que se comparado a uma escola tradicional nao estão no mesmo ritmo. Entendo que a metodologia aplicada no colégio é diferente das outras escolas tradicionais, mas minha preocupação vai ao vestibulinhos e faculdade. Até quando posso investir no bilinguismo sem que eles percam toda a fluencia adquirida ate hoje utilizando escolas de idiomas.
    Muito obrigada.
    Parabéns pelo site.

    Curtir

  73. Selma Moura Diz:

    Oi, Lucimara,
    O curso de Pedagógia é exigido por lei nos três casos, tanto para lecionar na educação infantil (bilíngue ou não) como nos primeiros anos do Ensino Fundamental, casos em que a professora é polivalente, bem como para ser diretora da escola.
    Sugiro um curso em uma boa instituição de ensino que, além de te habilitar legalmente, te dê fundamentação pedagógica, essencial à qualidade do ensino.
    Um abraço,
    Selma Moura

    Curtir

  74. Lucimara Martins Diz:

    Ola Selma. Gostaria de saber se posso abrir uma pre escola bilingue, ja que nao possuio o curso de Pedagogia. E quanto a dar aula de ingles na pre escola qual e o curso que preciso para isso.Obrigada desde ja. Uma abraco

    Curtir

  75. Selma Moura Diz:

    Olá, Cida,
    No blog há uma lista de escolas bilíngues e outra com escolas internacionais. Em Campinas há duas escolas bilíngues e uma escola internacional:

    Maple Bear Canadian School Campinas (Inglês/Português) – Rua Guapuruvú, 461 – Alphaville Empresarial- Campinas – SP

    Tigrinhos Pré Escola Bilíngüe (Português/Inglês) – Rua Iguatemi, 584 Vila Brandina – Campinas – SP

    Escola Americana de Campinas (American School of Campinas) – Rua Cajamar, 35 – Chácara da Barra – Campinas – SP

    Como não conheço o trabalho dessas escolas, não se trata de indicação, ok? Apenas estou apontando as escolas que encontrei em meu levantamento. Sugiro visitas às escolas para conhecer de perto o trabalho e esclarecer todas as suas dúvidas.
    Boa sorte em sua busca!

    Selma

    Curtir

  76. Aparecida Diz:

    Oi Selma,
    Tenho um bebe de 1e 3 meses, o pai dela é inglês, mas quase não temos contato com ele pois ele vive atualmente em São Paulo e nós estamos em campinas.TEnho procurado uma escola pra minha filha com origem inglesa por aqui e não tenho encontrado, pode me dar alguma dica?
    Abraços,
    Cida

    Curtir

  77. Selma Moura Diz:

    Olá, Vivian,
    Infelizmento conheço apenas a Escola Internacional. Talvez no grupo de educação bilíngue alguém tenha outras opções na região de Alphaville e Barueri. O endereço é http://br.groups.yahoo.com/group/educacaobilingue
    Boa sorte na busca!
    Selma

    Curtir

  78. Selma Moura Diz:

    Olá, Midiam,
    Aqui mesmo no blog há muitas informações que podem ser úteis a você. Se quiser fazer parte de uma rede de interessados em educação bilíngue, sugiro conhecer o grupo virtual em http://br.groups.yahoo.com/group/educacaobilingue
    Um abraço,
    Selma

    Curtir

  79. Midiam Golino Diz:

    Olé Selma
    Estou estudando a possibilidade de abrir uma escola bilingue onde moro e não temos essa opção aqui. Sou professora de inglês e estou cursando psicopedagogia. Se puder, e tiver alguma informação, me envie dicas ou contatos possiveis.
    Obrigada

    Curtir

  80. Vivian Diz:

    olá Selma, como vai?

    gostaria de saber outras opções de Escola Bilingue em Alphaville SP… a Escola Internacional é maravilhosa, mas mto cara para mim…

    Obrigada e aguardo um breve retorno.

    Vivian

    Curtir

  81. Selma Moura Diz:

    Olá, Tatiana,
    O curso é muito bom, e já está na terceira turma. O Singularidades é reconhecido pelo MEC sim. Confira mais informações no site: http://www.singularidades.com.br.
    Um abraço,
    Selma

    Curtir

  82. Tatiana Villarinho Diz:

    Olá Selma,
    Você sabe algo sobre o Instituto Singularidades? Estou interessada no curso de pós graduação em ensino bilíngue que eles oferecem, mas não tenho certeza se o curso é reconhecido pelo Mec.
    Você tem alguma informação?
    Aguardo retorno. Obrigada.
    Tatiana Villarinho

    Curtir

  83. Selma Moura Diz:

    Olá, Leila,
    Agradeço por sua visita no blog.
    Infelizmente não tenho informações sobre esta escola. Imagino que ela deve estar começando. Vamos aguardar novidades.
    Um bom ano para você,
    Selma

    Curtir

  84. Leila Almeida Bonfim de Lima Diz:

    Gostaria de obter informações sobre a Amazing School, escola bilíngue localizada na Av. corifeu de Azevedo Marques. Gostaria de enviar um currículo.
    Obrigada

    Curtir

  85. Selma Moura Diz:

    Hi, Almir, thanks for your visit!
    Perhaps she can be interested in the e-group aboult bilingual education, where she may get in touch with teachers, scholars and researchers about language(s). If that’s the case, you may forward the link http://br.groups.yahoo.com/group/educacaobilingue/
    I hope it will help.
    Best regards,
    Selma

    Curtir

  86. almir de castro Diz:

    My setp-doughter just came from Portland/OR, she has 29y.o, and she is looking for groups, or meetings. Places were she can speak in english and change konwledges about Brazilian’s and Curitiban’s way She has high school degree.
    Eu apreciairia seu retorno com indicações.
    Grato Almir

    Curtir

  87. Selma Moura Diz:

    Olá, Daniel,
    Obrigada pelo comentário. Estou colocando o Colégio Harmonia na lista de escolas bilíngues, depois dê uma olhada.
    Visite sempre o blog para ficar por dentro das novidades, e não deixe de associar-se ao grupo virtual sobre educação bilíngue para ficar em contato com mais de 400 pessoas nesta área, no Brasil e em outros países, e ter acesso a artigos, textos, debates, etc, que você pode alimentar também.
    Um abraço,
    Selma

    Curtir

  88. Daniel Diz:

    Olá Selma,

    Somos uma escola bilíngue em Campo Grande, MS. Se pudermos, gostaria de fazer parte do blog para contribuir e participarmos das discussões.

    Obrigado,
    Daniel

    Curtir

O que você acha? Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: