Dica de leitura: “A invenção da palavra oficial”, de Andrea Beremblum

Ontem, na primeira aula do curso “Alfabetização e Letramento na Educação Bilíngue: aportes teóricos e metodológicos” discutimos um pouco da história das línguas no Brasil, e surgiu interesse em saber mais sobre isso. Mencionei o livro de Beremblum, e segue agora a referência completa e onde encontrar.

O livro é bastante interessante, principalmente para quem quiser se aprofundar no assunto ou desenvolver pesquisas na área.

invencao_palavra2

A invenção da palavra oficial: identidade, língua nacional e escola em tempos de globalização, de Andrea Beremblum, publicado pela Autêntica.

(disponível aqui)

Sinopse:

“A compreensão dos processos históricos de formação das línguas nacionais, relacionados com a construção coletiva das identidades das nações, se constitui no contexto em que a autora analisa criticamente as propostas de reformas educacionais recentes no Brasil e na Argentina, na perspectiva do currículo para o ensino das línguas nacionais. O estudo apresenta uma grande atualidade, considerando-se os incisivos e preocupantes movimentos e ações de globalização e de mundialização da cultura. Nessesentido, sinaliza para a importância de intensificação das pesquisas sobre Políticas Lingüísticas e de levar o tema para o centro da discussão da sociedade e especificamente da comunidade de profissionais que atuam em espaços educativos.” (Cecília Goulart)

Leia também:

Share:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn

Deixe uma resposta

On Key

Related Posts

Adeus 2020, bem vindo 2021!

Uau, que ano tivemos! Não conheço nenhum educador que não tenha sentido que viveu mais desafios no ano que terminou do que em muitos anos