Palestra: Biletramento no século XXI: por que é necessário investir na leitura e na escrita em mais de uma língua?

Biletramento no século XXI: por que é necessário investir na leitura e na escrita em mais de uma língua?

A ser proferida por Selma Moura, pedagoga, mestre em Linguagem e Educação pela Universidade de São Paulo.

Resumo da palestra:
O século XXI nos apresenta um mundo dinâmico, multicultural, plurilíngue e hiperconectado pelas redes de comunicação e informação que passaram a fazer parte do cotidiano. Por que é necessário integrar este processo de aprendizagem na escola? Quais os benefícios para alunos, professores e comunidade? Quais os caminhos possíveis para desenvolver o biletramento dos alunos?

Biodata da palestrante:
Selma Moura é pesquisadora do programa de doutorado em Linguística Aplicada no Instituto de Estudos da Linguagem da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Pedagoga e Mestre em Linguagem e Educação pela Universidade de São Paulo, tem experiência em escolas bilíngues como professora, coordenadora pedagógica e consultora.

Data: 03/7 das 14 às 17h

Local: Auditório da Special Books Services (SBS)

Endereço: Rua Madre Cabrini 384 – sobreloja (2 quadras da estação de metrô Vila Mariana)

Estacionamento (sugestão): 
Rua Madre Cabrini, 328.

Público alvo: Mantenedores, diretores e coordenadores de instituições de ensino.

Organização: Seven Idiomas

Inscrições:
Preencha a ficha cadastral do link:www.sevenidiomas.com.br/colegios/FichadeIncriscao.doc, salve em seu computador e encaminhe com o comprovante de depósito para o  e-mail:biletramento@sevenidiomas.com.br

Dados para depósito:
Quality Result Cursos de Idiomas e Com. Mat. Did. Ltda.
CNPJ: 07.259.608/0001-84
Banco HSBC (399)
AG: 0478 – C/C: 22024-49
Valor: R$ 60,00

Para mais informações, entre em contato: 11 3170-1611
biletramento@sevenidiomas.com.br

Share:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn

Deixe uma resposta

On Key

Related Posts

Adeus 2020, bem vindo 2021!

Uau, que ano tivemos! Não conheço nenhum educador que não tenha sentido que viveu mais desafios no ano que terminou do que em muitos anos