O papel da fonética no processo de alfabetização e letramento

Em nosso curso  Alfabetização e Letramento de crianças bilíngues: aportes teóricos e metodológicos, realizado no Sinpro, temos trabalhado com concepções holísticas de leitura e de escrita, considerando este objeto como algo complexo que envolve cultura, interpretação, identificação, gêneros e estilos, além de aspectos formais como fonologia, sintaxe e léxico.

Temos insistido que perceber a escrita como mero código escrito é percebê-la apenas parcialmente. Vimos que as tentativas de simplificação da escrita propostas em cartilhas, silabários e alfabetários não dá conta de formar leitores competentes, pois desconsidera o que a escrita tem de mais rico, que é sua função de representar o mundo e as ideias de forma criativa e ativa.

Em nosso último encontro discutimos como o método fônico é limitado e inadequado, tanto do ponto de vista funcional (porque os alunos não se apropriam da escrita compreendendo-a) quanto do ponto de vista teórico (porque desconsidera as recentes pesquisas sobre alfabetização e letramento). Acredito que a fala de Emília Ferreiro neste vídeo explica muito bem esta questão.

Precisamos nos lembrar de considerar, em nossos planejamentos e em nossas aulas, o caráter complexo da escrita e aproximar os alunos dessa complexidade, dando-lhes acesso à cultura escrita, para que sejam leitores e escritores competentes. Por isso, temos que contemplar diversos olhares e dar vários enfoques à escrita. Há momentos de trabalhar com o texto, sua construção, características, interpretações, e outros para dar enfoque a palavras e sons, de forma contextualizada, que permitam ampliar a compreensão do texto como um todo.

Por isso, há espaço para trabalhar a fonética e ortografia. Mas não de forma descontextualizada e simplificada.

Esta semana falaremos sobre possibilidades de enfocar as características formais da escrita e daremos alguns exemplos de como isso ocorre em um contexto bilíngue. Falaremos sobre o conceito de transferência de conhecimentos entre línguas. Acompanhe nossa discussão e contribua com seus comentários!

Leia mais:

Como a escrita foi criada e transformada pela humanidade

O processo de aquisição da escrita

O processo de alfabetização e como as crianças pensam sobre a escrita

Formando leitores por amor aos livros

Share:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn

Deixe uma resposta

Get The Latest Updates

Subscribe To Our Weekly Newsletter

No spam, notifications only about new products, updates.

Most Popular

Social Media

On Key

Related Posts