É hora de renovar a biblioteca da escola bilíngue

Educação bilíngue é muito mais do que apenas aprender línguas. Educação bilíngue tem a ver com conhecer melhor a si mesmo, as culturas das quais se participa e outras culturas, outras formas de ver e pensar o mundo.

Aprender deve ser uma aventura desafiadora, prazerosa e de melhoria de cada um, que reflete na melhoria da comunidade, da sociedade e do mundo. Aprender outras línguas e culturas pode ajudar a desenvolver valores como respeito, apreciação pela diversidade e tolerância.

Livros são ótimos para apresentar outras formas de ver o mundo. Eles mexem com a imaginação e permitem que o leitor se posicione como o próprio personagem, identificando-se com seus sentimentos e necessidades. Bons livros motivam o leitor a ler mais sobre o assunto, a informar-se, a pensar e a compartilhar suas ideias. Bons professores sabem aproximar as crianças dos livros, despertando sua curiosidade e ampliando seu repertório cultural. Basta manter o fascínio e o encantamento da leitura para motivar nossos alunos a enveredar por este caminho. E, como diria a escritora Maria Dinorah,

“O livro é aquele brinquedo

que por incrível que pareça

entre um mistério e um segredo

põe ideias na cabeça”

Então, pensando em tudo isso, e nas semanas de planejamento que se aproximam, que tal incluir alguns livros que ampliam o repertório cultural de seus alunos, aproximando-os de outras formas de ver o mundo? Seguem algumas dicas:

Daniel Munduruku

O escritor indígena, que é professor Doutor pela Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo, já escreveu dezenas de obras infantis para aproximar as crianças do universo do povo Munduruku, do qual o autor faz parte. Conheça mais sobre este autor no site http://www.danielmunduruku.com.br. Alguns dos títulos que recomendo são:

]

Gloria Kirinus

As delicadas e poéticas histórias de Gloria Kirinus, professora Doutora em Teoria Literária e Literatura Comparada pela USP e professora da Universidade Federal do Paraná, estão em belos lívros bilíngues (português/espanhol), mas podem ser lidas por crianças de qualquer escola, pois apresentam uma visão sensível de línguas e culturas contribuindo para tecer contos, e despertam o interesse das crianças por aprender outras línguas. Conheça a autora e seu trabalho no site http://www.gloriakirinus.com.br, e confira alguns de seus títulos abaixo:

Acompanhe o blog para saber mais dicas de livros e materiais que enriqueçam a formação cultural de nossos alunos!

Selma Moura


Share:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn

Deixe uma resposta

On Key

Related Posts

Adeus 2020, bem vindo 2021!

Uau, que ano tivemos! Não conheço nenhum educador que não tenha sentido que viveu mais desafios no ano que terminou do que em muitos anos